Micro-história

de saudade

Compostos por elementos que cruzam o pessoal e o histórico, o mural é um tributo ao sentimento de saudade de minha cidade natal, Recife.

Os murais de azulejo portugueses, fortemente representativos em Recife, eram mais que meramente elementos decorativos. Tinham, dentre muitas outras, a função de preservar e contar histórias. Assim, contei minha micro-história de saudade.

Esse mural foi pensado para o projeto Cem Minas na Rua, evento realizado pela Subprefeitura Regional da Lapa em parceria com a Virada Sustentável em São Paulo. Além de subverter a cena do graffiti em São Paulo, em que as mulheres são muitas vezes ignoradas e marginalizadas, colocando-as em um lugar de centralidade, o evento trouxe à tona a noção da potência artística feminina da cidade de São Paulo em um só lugar, criando o que agora se chama "Rua das 100 Minas", um contraponto para o Beco do Batman que está localizado numa região privilegiada (Vila Madalena) e tem uma maioria avassaladora masculina dentre seus artistas. Dando o foco para a Lapa de Baixo, a ideia é gerar uma revitalização de um espaço considerado periférico, criando mais um ponto onde as pessoas podem ir para conhecer, fotografar e experienciar a arte de rua de mais de 100 minas. <3

vertentes-micro-historia-de-saudade-foto

Veja outros projetos

  • White Instagram Icon
  • behance-icon-w
  • White Facebook Icon
  • medium-icon-w
  • White Twitter Icon

Vertentes Coletivo © 2018 | São Paulo-SP, Brasil